Categorias

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

The X Factor

Ontem finalmente estreou a nova temporada do programa The X Factor pelo canal Sony que já está anunciando também a estréia do "The Voice", no Brasil diziam que a versão tupiniquim do The Voice onde as primeiras audições são feitas as cegas estrearia no início segundo semestre de julho logo após o fim da copa das confederações, mas acabaram adiando um pouco e agora já tem como data certa para estrear o dia 3 de outubro, uma quinta feira. Gostei muito do The Voice, mas não há como negar, os americanos quando se trata de entretenimento estão anos luz a frente dos produtores brasileiros, mesmo que o formato seja uma franquia, parece que quando eles colocam a mão, toda a magia que vimos no original se desfaz, espero que a segunda temporada do The Voice Brasil consiga manter o mesmo apelo que teve no primeiro ainda que eu depois de ter visto alguns vídeos do The Voice do Reino Unido tenha concluído que por aqui o programa ficou um pouco sem graça. 
Ontem acompanhando o primeiro programa da edição 2013 do "The X Factor" fiquei extremamente emocionado e tocado 3 participações entre os escolhidos, a primeira dela é Lillie McCloud, uma jovem senhora de 54 anos que logo ao entrar no palco respondeu a um dos jurados, Paulina Rubio, que estava ali para vencer, outro momento bem interessante é o espanto dos jurados e do público quando ela diz a idade dela, é mãe de 3 filhos e avó de 7 netos, ela sempre quis ser cantora e tem esperado por este momento a muito tempo, durante seu depoimento antes de cantar relatou que não mudaria uma vírgula do que viveu até aqui, escolheu que seria assim para poder passar mais tempo perto de sua família e não faria diferente disso, acredita que agora é o momento certo e por isso está no programa para mostrar seu talento, após a apresentação, as reações dos jurados continuam mostrando o quanto ela é realmente talentosa e uma forte candidata a vencer o programa, eu enquanto a ouvia cantar fiquei imaginando, tem outra estrela que canta tanto quanto a Whitney pronta para arrebentar e que também tem raiz no gospel, de onde surgiram algumas das mais importantes vozes da música americana, assistam o vídeo, e logo abaixo eu sigo em frente, para falar mais sobre o programa que foi ao ar ontem.

O The X Factor é dividido em categorias, são elas;
Garotos, Garotas, Grupos e candidatos Acima dos 25 anos de idade, o formato foi criado pelo britânico Simon Cowell e tem sindo um sucesso até aqui.
Alex & Sierra formam um lindo casal de namorados que não poderiam estar mais apaixonados um pelo outro e pela música, eles fizeram a performance de uma música da Britney Spears - Toxic, assim como o Simon eu também não levei muita fé quando os vi pisar no palco e ficou ainda pior quando disseram que cantariam esta música, quando Simon pergunta o porque de terem escolhido esta música, ela explica que eles dois gostam muito e que ele já conhecia a letra toda, ele brinca e diz que isto era algo que ela não precisaria ter contado, o Simon admite para eles depois que achou que não seria legal, confessa que achou que seria meio brega, mas quando eles estão saindo depois de receberem sim de todos os 4 jurados, ele, Simon, se exalta batendo na mesa enquanto diz que adorou eles.

Pra terminar bem este post sobre o programa de estreia da edição 2013 do "The X Factor", falo sobre a Rion Paige, uma menina linda de apenas 13 anos que chega ao palco se assumindo fã de Demi Lovato, ela explica que teve algum problema e até diz o nome do problema de saúde que acabou causando atrofia e má formação em suas mãos, mesmo com as legendas eu não fui capaz gravar na memória o nome que ela cita, mas como ela mesma diz, é um nome bem complicado para descrever algo bem simples, quando a produção do programa está conversando com a mãe dela nos bastidores, tem algo que ela diz que eu achei muito tocante;
"É sua hora de voar querida e se não for, eu estarei bem aqui para pegar você"
Quando ela termina, Demi em seu depoimento diz que é impressionante o quanto ela é positiva e o que todos naquele local tem muito a aprender com ela. Paulina diz que a música cura tudo que se sente honrada de estar vivendo aquele momento ali com a Rion. Kelly Rowland se mostra quase incrédula, diz que acabou de testemunhar uma paixão e tudo sobre a pequena Paige é tão incrível.
Após a apresentação da pequena Rion, Simon Cowell diz que ela é literalmente extraordinária e relata que ao conhecer Carrie Underwood ele disse a ela que ela iria fazer coisas especiais com a vida dela e que ele tinha o mesmo a  dizer a respeito da Rion, quase com a voz embargada acrescenta que vai se lembrar daquela audição por muito tempo em sua vida, quando vai dizer seu sim, diz que aquele é o "Sim" mais fácil que ele já deu em toda a vida dele. Carrie Underwood é a cantora original da música Blown Away cantada pela pequena Rion Paige, assista o vídeo e se emocione você também.

sábado, 14 de setembro de 2013

Sobre o Rock In Rio

Afinal, É ou não é um festival de Rock?!?!?!
R. É e não é...


Na verdade desde a primeira edição em 1985 tivemos atrações que nada tinham a ver com o Rock, Ivan Lins estava lá e quase perdeu a voz durante sua performance, parou de fumar depois daquilo, na segunda edição (1991) o misto entre o pop e o rock foi um pouco maior, George Michael, Debbie Gibson e A-HA estiveram no palco além de Moraes Moreira que é bem MPB. A terceira edição, que aconteceu em 2001 teve, acredite, Sandy e Junior entre suas atrações e ainda a Britney Spears que, dizem, dublou o show todinho, mas neste mesmo ano, vimos a Cassia Eller dominar o público com todo seu talento e irreverência, pena que ela foi embora tão cedo, faz falta né. Este ano teremos Iron Maiden, Slayer e Sepultura que representam o Metal Rock, mas também teremos Alice In Chains que é uma banda que surgiu junto com Nirvana e Pearl Jam no início dos anos 90, eu pretendo assistir ainda hoje o show do Capital Inicial, as 18:30, em 2011 Dinho e seus amigos incendiaram o Palco Mundo, este ano não deve ser diferente, e amanhã, as 16hs no palco Sunset tem Nando Reis e Skank, mais tarde as 19:30 tem o encontro de Ivan Lins com o grande George Benson, vai ser legal. O Rock In Rio é uma marca e não tem exatamente um compromisso de ser um festival de rock apesar do nome, entre segunda e quarta a "Cidade do Rock" descansa e volta com tudo na quinta feira, quando entre as atrações, quero muito ver "Metallica" não sem antes conferir o show do Alice In Chains que sobe ao palco exatamente antes da apresentação da banda de Lars Ulrich, na sexta tem o imperdível Frejat no Palco Mundo as 18:30 e o show que encerra a noite eu também vou gostar de conferir, Bon Jovi tem muita música conhecida e várias baladas conhecidas da galera que serão uma ótima pedia pra encerrar bem a noite, quem afinal não tem vontade de ouvir a banda em performance ao vivo da música Blaze OF Glory que foi trilha do filme "Jovens demais pra morrer"? No próximo Sabado dia 21, quem encerrra a noite é o cantor norte-americano Bruce Srpringsteen, aliás é bem isso que ele é, norte-americano demais pro meu gosto, mas há que goste, do meu interesse no Palco mundo o único show que eu vou gostar de ver será o dos mineiros do Skank. No domingo, o último dia desta edição, teremos Slayer as 20:30, eu ouvi muito pouco, não me agrada, mas o Iron Maiden, est eque quero ver, e será o show de encerramento, que eu creio, será bem melhor do que aquele fiasco apresentado pelo arrogante Axl Rose em 2011, bem é isso, falei do que eu gosto e da forma que eu gosto, espero que pra você que está com dificuldade de entender este festival e quer poder escolher algo de bom, este post seja útil, no mais, abração a todos e divirtam-se.