Categorias

terça-feira, 28 de junho de 2011

Covarde Que Sou, Me Afastei

Falhei, Eu Sei...
Semana passada em frente a um shopping, por volta das 18:30, assisti uma cena que me fez pensar, mexeu muito comigo ver aquilo. Uma moça, com aparência de ser mais nova do que eu, talvez no máximo uns 28 ou 30 anos, separava o lixo, eu a vi de longe e mesmo a distância, pude reparar que se tratava de uma pessoa jovem, ao me aproximar me deparei com algo ainda mais chocante, junto dela, uma garotinha, aparentando não mais do que 10 ou 12 anos, essa menina estava ajudando no serviço, pegava um saco plástico, abria para ver o que tinha dentro ajudando a moça a separar o lixo, do que para elas talvez pudesse interessar, ter algum valor, não sei dizer se ali estavam mãe e filha, sei que fiquei ali observando a cena por alguns minutos, sai dali pensando, a cena da menininha cheirando o lixo, talvez por curiosidade, ou quem sabe até por fome, não sei, mas de fato a menina cheirava o lixo e com certeza chegaria em casa fedendo a lixo. A mulher e a criança, a criança e a mulher, ali numa movimentada avenida, cantando lixo, num horário de grande movimentação de pessoas em direção ao ponto de ônibus, rumando para suas casas e durante todo o tempo não vi ninguém olhar aquela cena triste, passavam a 3 metros, talvez menos, e a maioria, nem olhava, eu não vi ninguém durante os pouco mais de 7 minutos que fiquei olhando, que tivesse sequer notado aquela tristeza. Quem me conhece sabe o quanto eu gosto de criança, ver aquelas pobres meninas naquela situação me rasgou o coração, os pouco mais de  420 segundos que fiquei observando aquelas duas pessoas, me deixaram muito triste, por 3 vezes pensei em ir até elas e dizer alguma coisa, minha voz interior, uma voz que eu ouço de vez em quando, me dizia que eu poderia me aproximar e que eu saberia o que dizer ao deixar a minha angústia ganhar fôlego através dos movimentos das minhas pregas vocais, tudo ficaria bem, eu teria feito o bem, diria as palavras certas e ofereceria o cabível diante daquela cena incabível, mas eu nada disse, nada fiz, pensei, pensei, pensei e por fim, me afastei. Voltei a me incomodar lembrando da pobre menina e também daquela mulher por várias vezes, hoje amanheci o dia pensando em como transformar a angústia que essa lembrança ainda me causa em texto e, me recordando daquele dia, do que pensei a caminho de casa, voltei a me indignar, e então, só então, me dei conta do significado desta pequena palavra. Causa indignação tudo aquilo que nos deixa revoltados, irados, e o que me causa indignação, não é assistir aquela cena, mas sim descobrir que nossa cidade está crescendo e ficando cada vez maior e mais bonita, mais imponênte, mas nos moldes errados, sei que seria uma grande utopia acreditar ser possível um dia chegaremos a ser uma Cidade Metrópole a custo zero de danos sociais, mas não deveria, ou pelo menos, nós, os moradores da cidade, deveríamos dar mais atenção aos pequenos detalhes que podem ajudar a cidade crescer sofrendo menos esses males, em algum lugar esse movimento pode começar, eu vou me comprometer agora, aqui neste texto, no próximo pleito municipal, vou escolher um candidato a vereador que nunca tenha se elegido e que não seja ligado a nenhum grupo politico, embora este tenha que se ligar a algum partido quando resolver que será candidato, escolherei como candidato a prefeito, alguém que não pertença ao grupo "B" ou ao "P", vou querer conhecer ambos, e pretendo perguntar a eles sobre o que pensam como sociedade, convivência, e se teriam coragem de votar num projeto de Lei que criaria o (PCP)que Definiria o "Plano de Carreira Política". Que projeto seria esse? Ah esse eu conto outro dia, agora vou voltar para minha agônia, pois mesmo sabendo que devia, eu nada fiz, bem que eu quis, mas não fiz. Fazer o bem, sem olhar a quem, amar ao próximo como a ti mesmo, fácil? é nada, é sempre difícil quando se trata de amar o desconhecido, o maltrapilho, afinal, não é ninguém, nem mesmo está ali. ¿Afinal, quantos de nós sabemos os nomes do porteiro que nos atende com um sorriso quando chegamos ao prédio onde trabalhamos, quantos sabem o nome da zeladora do prédio, que mantém os corredores limpos? Se muitos não sabemos nem os nomes das pessoas que nos servem diariamente, quem dirá sermos capazes de uma demonstração de amor por uma desconhecida que com a ajuda de uma criança, meu Deus, uma criança, separa o lixo em frente a porta de uma sala comercial do outro lado da avenida, em frente ao shopping mais movimentado da cidade.
Dinheiro, Dinheiro... Será essa a temática da canção que no futuro vamos entoar? Dinheiro, dinheiro... Os vereadores só pensam em mais ganhar. Famílias com fortes tradições e raizes políticas, só pensam em mais prestígio político somar, gente usando gente para somas em dinheiro multiplicar e o povo esquecido, catando lixo, cheirando a lixo, na beira de um bueiro.

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Pra rir...

Piadinha
Teste do Bafômetro
Sexta-feira à noite a polícia para um sujeito dirigindo seu carro em zique-zague.
O Guarda pergunta ao motorista
 - O senhor bebeu?
 - Pois é - responde o motorista - Eu e uns amigos paramos num bar e tomamos uns 5 ou seis chopes. Aí deram um tal de Happy Hour e serviram uma tal de marguerita, que era muito boa. Tomei umas quatro ou cinco. Aí eu tive que levar o Miguel para casa e acabei tomando duas latas lá com ele, para não ofendê-lo claro. No caminho de casa parei num boteco e tomei uma garrafa...
O guarda sorri e diz:
 - Eu vou ter que pedir para o senhor soprar no bafômetro
O motorista responde, espantado!!!
 - Por que? O senhor não acredita em mim?!?!

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Copacabana Club - Sex Sex Sex... From Curitiba

Hoje voltei a pensar na capital como uma ótima opção caso eu resolva mesmo me mudar de Cidade, ai imediatamente me lembrei que a movimentação cultural da cidade é ótima, só um trechinho do que eu pude acompanhar por lá no final de semana do dia 6 de novembro do ano passado, vocal e batera por conta das meninas...

Pensa num som pesado e bom de ouvir...

Música linda...

Luck - Jason Mraz & Colbie Caillet

segunda-feira, 20 de junho de 2011

O Meu Fim De Semana Foi Perfeito(Prima obrigado pela companhia)

O título deste post surgiu ainda na madrugada de sábado para domingo, por volta das 4 da manhã depois de eu ter tomado um banho e me ajeitado em minha cama. Depois de um início de mês bem difícil, hospital, médico, posto de saúde, médico especialista e mais de R$100,00 de gastos com remédios, esse fim de semana foi mais do que perfeito e aconteceu em duas etapas, começou na sexta e fechou com chave de ouro no sábado.
Na sexta eu publiquei aqui que era a noite de lançamento do livro da Lu, no fim da noite, quando eu estava terminando de me aprontar para sair, o meu amigo Alexandre da Audio Produções me ligou me perguntando se eu tinha algum compromisso, comentei com ele a respeito do livro da Lu e o convidei para ir lá comigo, e desde sexta feira a Lu não é mais só uma amiga virtual, agora posso dizer que sou amigo da Lu pessoalmente, mesmo porque, na fila para entrar no show do Roupa Nova, foi perto da Lu e do marido dela que ficamos eu e a Dayane, ter conhecido o blog da Lu foi um presente, alguns de seus textos me inspiraram, outros me emocionaram, são textos bem construidos, muito maduros e quase sempre muito pessoais e que, creio eu, justamente pelo fato de que a Lu não está ali tentando expor o que fulano ou ciclano possa gostar, mas sim o que ela pensa a respeito de algumas coisas de nosso cotidiano, é que o "Escrever É Preciso" faz tanto sucesso. Na fila de espera para pegar um autógrafo da autora do livro, considero que comecei com sorte, na fila logo atrás de mim, estava um casal, com eles uma garotinha linda, deveria ter no máximo 2 anos talvez menos, a prima dela tava cuidando dela e correndo atrás dela pela livraria, os pais da garotinha são amigos da Lu e do marido dela, que veio até eles para cumprimentá-los, então mesmo sem conhecê-lo, ficou óbvio ao ouvir os comentários elogiósos do rapaz sobre a imensa felicidade que ele estava sentindo por poder compartilhar daquele momento e a empolgação com a qual ele citava que no site do O Diário, "Escrever é Preciso" só perde em número de acessos para o blog do jornalista Edson Lima, acontece que a felicidade estava ali na expressão do orgulhoso maridão da Lu da mesma forma que estava no brilho dos olhos da Lu, os comentários das meninas que estavam logo a minha frente também eram animadores, quando cheguei até a Lu, ela logo me reconheceu e me perguntou sobre minha irmã, percebi que a linha virtual não impede que a Lu tenha interesse pelos seus "bonitinhos". Ah lembra do título do texto, pois bem, sabe por que o post ganhou este título, bem acontece que, o meu fim de semana foi muito bom, na sexta depois de sair da livraria, fomos eu e o Alexandre la para o Onishi, tomamos todas, enchemos a cara, kkkkk "brincadeira" eramos dois estranhos no ninho, eu até tomo uma cerveginha de vez em quando, mas como estou tomando medicamentos, então ficamos só no refri, o Alexandre de Coca Zero, e eu no Guaraná Antártica, porção de Frango a Passarinho e vários assuntos interessantes, planos para os próximos bailes que serão realizados pela Audio Produções, rádio, o inglês de um locutor de rádio e por ai vai. No sábado, já passava das 4 da tarde quando acessei o MSN off e vi que minha amada prima Day estava usando uma animada frase no MSN sobre o show do Roupa Nova e dizendo que iria, quando puxei assunto com ela e disse que estava feliz por saber que ela iria, meu sentimento mudou assim que li a resposta dela de que não iria mais por não ter conseguido receber um dinheiro que tinha para receber, pensei por um segundo talvez e resolvi que daria de presente para minha prima a oportunidade de ir ao show, liguei para o Nathan, para saber se ainda tinham convites na rádio e como ia ficar a logistica de pista e area vip e coisa e tal, comprei logo dois convites, depois de me lembrar do quanto tinha custado ficar doente, resolvi que valeria a pena investir na minha felicidade e afinal eu nunca tinha ido a show nenhum com a minha prima, comprei dois convites e lá fomos eu e a Day para o show do Roupa Nova, por lá encontramos a tia Leny, a prima Gyanele e o Namorado dela e também a Kelly, uma amiga deles, acontece que a Lu do blog, estava com o marido dela, na fila para entrar ver o show, então, o fim de semana todo envolve a Lu, a Lu é fã do Roupa Nova daquelas que tem todos os discos, foi a vários shows e tem muitas histórias e boas recordações onde entram as músicas do Roupa Nova, bom a impressão que eu tive do show, foi a melhor possível, pensa num show perfeito, muitíssimo bom, do início ao fim, eles não são só bons músicos, eles são pessoas, tocam, cantam e encantam, num determinado momento, o Nando fez uma pequena reflexão que poderia parecer demogogia ou soberba se não viesse do Roupa, ele fazendo uma analogia entre o país que nós vivemos e a carreira deles, 30 anos de música, de sucesso, trabalho e companheirismo, como ele mesmo disse, 6 malucos que a 30 anos vivem disso num país como o nosso, não é para qualquer um não e realmente, não é, eles continuam plenos, fazem um show que emocioana a todos, faz rir em alguns momentos por conta do bem humorado Feghali e também faz chorar de emoção em alguns momentos, eu chorei enquanto eles executavam a música do Maestro Eduardo Souto Neto, o "Tema da Vitória" e ao fundo imagens do grande Ayton Senna, creio que outras pessoas podem ter chegado as lágrimas em outros momentos, Dona foi interpretada de uma forma totalmente diferente, e até surpreendente eu diria, Coração Pirata também é um momento marcante, o vocal e a afinação dos caras emociona e muito, no telão as participações de Milton Nascimento, Padre Fábio de Mello também nos fazem parar por alguns instantes, até da participação da Sandy eu gostei, o Biz do Roupa não é um simples Biz, é a volta, e quando eles voltam, eles dão um verdadeiro show tocando músicas internacionais, músicas que fizeram sucesso pelo mundo, tocando "The Police, Creedence, e Pink Floyd, Rolling Stones, Guns N'Roses, Kiss..." na sexta feira quando o Alexandre disse que nós não trabalharíamos no show, pensei que eu não iria ao show, mas quer saber, não trabalhar foi ótimo, fui ao show e curti a plenos pulmões, cantei todas e hoje estou praticamente sem voz, espero poder ir a outros shows, do Roupa Nova, ainda vou a um show da Ana Carolina, pode anotar ai e quando eu for eu conto por aqui ta.
Por enquanto é isso, tenham todos uma ótima semana e até a próxima.

sábado, 18 de junho de 2011

Advinha...

Eu perguntava "do you wanna dance?", e te abraçava "do you wanna dance"?Lembrar você, um sonho a mais não faz mal... (Sullivan - Massadas)


Melhor acreditar pra sentir um grande amor
O medo de arriscar, deixa uma dúvida no ar
E quando te encontrar, entregar meu coração
Ficar feliz em ser o teu herói... (
Cleberson Horsth - Ricardo Feghali)


Ninguém merece solidão Fala pro teu coração Lágrima é chuva de verão Que vai e vem...(2x) (Maurício Gaetani - Dalmo Medeiros)

Será pecado se seguir o coração Como calar pra sempre a boca de um vulcão Sempre tem sonhos, quer voar Sempre tem fome, quer morder Sempre tem frio, quer brincar Brincar com a vida de esconder (Sullivan - Massadas)

O amor é um furacão Surge no coração Sem ter licença prá entrar Tempestade de desejos Um eclipse no final de um beijo (Cleberson Horsth - Ricardo Feghali)

Guardo no peito Esse amor por você É a canção Que eu quero cantar Ah! Ah! Ah! É um poema deixado no ar São palavras Querendo viver...(B.Crewe - B.Gaudio - Versão: Paulo Sérgio Valle)

Confessar
Sem medo de mentir
Que em você
Encontrei inspiração
Para escrever...

Você é pessoa que nem eu Que sente amor Mas não sabe muito bem Como vai dizer...(Cleberson Horsth - Ronaldo Bastos)
Já sabe né, conversar comigo amanhã vai ser complicado, talvez pela net, mas pessoalmente ou por tel!!!... vou cantar todas... até ficar rouco... foi assim da outra vez... se você for também, bom show...
dpois eu conto aqui como foi, abração para os amigos, beijo no rosto das meninas e bom fim de semana para todos.
 

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Primeira Impressão

E chegou o grande dia, é hoje o lançamento do livro da Lu, conheci o blog da Lu quase por acaso, comecei a ler seus textos no fim do ano passado e desde então, sempre dou uma passadinha por lá, hoje terei o prazer de conhecê-la pessoalmente e de conferir os textos escolhidos por ela para compor as páginas de seu primeiro livro, o "Primeira Impressão" que terá inclusive noite de autografos, acontecerá na "Livraria Espaço Maringá Park" a partir das 19:30, parabéns Lu e sucesso para você...

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Copa 2014 - Estou fazendo a minha parte

Bom dia pessoal, já tem gente que por não ter o que fazer, conseguiu pensar em coisas como;
Manual de línguas para brasileiros na Copa 2014.

O Brasil sediará a Copa de 2014. Como muitos turistas de todo mundo estarão por aqui, é imprescindível o aprendizado de outros idiomas (em particular o inglês) para a melhor comunicação com eles.
Pensando em auxiliar no aprendizado, foi formulada uma solução prática e rápida!!
Chegou o sensacional e insuperável curso 'The Book is on the Table', com muitas palavras que você usará durante a Copa do Mundo de 2014.


Veja como é fácil!



a.)
Is we in the tape! = É nóis na fita. 

b.) Tea with me that I book your face = Chá comigo que eu livro sua cara.(essa é SEN-SA-CI-O-NAL !!!!! )
c.) I am more I = Eu sou mais eu.
d.) Do you want a good-good? = Você quer um bom-bom?
e.) Not even come that it doesn't have! = Nem vem que não tem!
f.) She is full of nine o'clock = Ela é cheia de nove horas.
g.) I am completely bald of knowing it. = To careca de saber.
h.) Ooh! I burned my movie! = Oh! Queimei meu filme!
j.) Go catch little coconuts! = Vai catar coquinho!
k..) If you run, the beast catches, if you stay the beast eats! = Se correr, o bicho pega, se ficar o bicho come!
l.) Before afternoon than never. = Antes tarde do que nunca.
m.) Take out the little horse from the rain = Tire o cavalinho da chuva.
n.) The cow went to the swamp. = A vaca foi pro brejo!
o.) To give one of John the Armless = Dar uma de João-sem-Braço.

Gostou?


Quer ser poliglota?
Na compra do 'The Book is on the table' você ganha inteiramente grátis o incrível


'The Book is on the table - World version'!!!


Outras línguas:


CHINÊS


a.)
Cabelo sujo: chin-champu
b.)
Descalço: chin chinela
c.)
Top less: chin-chu-tian
d .)
Náufrago: chin-chu-lancha

f.)
Pobre: chen luz, chen agua e chen gaz

JAPONÊS


a.) Adivinhador: komosabe
b.) Bicicleta: kasimoto
c.) Fim: saka-bo
e.) Me roubaram a moto: yonovejo m'yamaha
f.) Meia volta: kasigiro
g.) Se foi: non-ta
h.) Ainda tenho sede: kiro maisagwa

OUTRAS EM INGLÊS:

a.) Banheira giratória : Tina Turner
b.) Indivíduo de bom autocontrole: Auto stop
c.) Copie bem: copyright
d.) Talco para caminhar: walkie talkie


RUSSO

a.) Conjunto de árvores: boshke
b) Inseto: moshka
c.) Cão comendo donut's : Troski maska roska
d.) Piloto: simecaio patatof
f.) Sogra : storvo


ALEMÃO

a.) Abrir a porta: destranken
b.) Bombardeio: bombascaen
c.) Chuva: gotascaen
d.) Vaso: frask