Categorias

segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Piadinha Boa

O Bêbado

Fui a uma festa de despedida de solteiro em uma chácara aqui perto, do meu amigo. A galera toda lá. Muita cerveja, uísque, vinho. A noite prometia. Muitas gatinhas. Galera animada.

Saí de lá nem sei que horas. Travado! Indo pela rodovia, avistei algo que se tornou o terror dos festeiros...

Uma blitz!!!

Comecei a rezar para tudo quanto era santo. Mas... fui sorteado. Quando parei, quase atropelei o guarda. Tava ruim. O guarda pediu para eu descer do carro. Quase não consegui.

Aí o pesadelo aumentou. Ouvi o que  qualquer bêbado teme:

- Vamos fazer o teste do bafômetro !

Tô frito! Pensei. Quando, ao que parece, os santos resolveram me atender. Um caminhão bate na outra pista e espalha toda a sua carga... Os guardas imediatamente me dizem:

- Vá embora, vamos socorrer aquele acidente!!!

Eu, mais que depressa (ou pelo menos tentando), entrei no carro e fui embora Feliz da vida. Hoje é meu dia de sorte, pensei. Cheguei em casa, guardei o carro e, após agradecer aos santos pelo meu dia de sorte, fui dormir.

Tava todo feliz.

No outro dia, minha mãe me acorda às 7 da manhã me perguntando:

- Filho, de quem é aquela viatura da polícia estacionada dentro da nossa
garagem?

Ótima semana , mas lembre-se:

        SE BEBER NÃO DIRIJA

                           SE DIRIGIR, USE SEU VEÍCULO!!!

Frase Da Semana HEHEHE

"Antigamente,quando uma moça conhecia um rapaz gentil e educado perguntava logo se era solteiro.
Hoje, pergunta se é viado"

João Leopoldo - O Lado Sul Do Real

Essa foi uma apresentação ocorrida bem na quinta feira, dia 20 de maio do ano passado, único dia que não fui ao FEMUCIC 2010. João Leopoldo é de Sorocaba - São Paulo, excelente músico e compositor, pianista de mão cheia, deu um show de simpatia e talento em sua apresentação, o piano parece  falar, mas em se tratando de FEMUCIC, eu sou suspeito né, veja, ouça você mesmo e tire suas próprias conclusões.

Comente.

sábado, 29 de janeiro de 2011

Qual é o seu sígno? tem certeza?!?!

Essa é uma pergunta que quando ouço, me deixa um pouco irritado, pior que conheço um monte de gente que sabe qual signo das pessoas simplesmente perguntado o dia e o mês de aniversário, algumas das minhas amigas mais chegadas, a ... por exemplo, ta bom eu não vou citar nomes, mas ela vive tentando me convencer de que eu tenho todos os traços de um Leonino e eu... do meu lado aprendendo a ser louco, na loucura real... ops tentando me convencer de que ela não está certa, tipo, eu sei que "eu estou certo e ela está errada, só porque eu gosto de combinar a cor do sapato com a cor do cinto, ou de manter meu tênis branco, sempre muito branquinho, também não quer dizer que eu seja vaidoso", mas deixa pra lá né, ja entendeu o que eu quis fazer aqui certo? não,  não entendeu, fala sério, puxa vida, é tão simples...
tentei me comportar na escrita ai, de forma a personificar um leonino ta, não sei se consegui, mas...
Mas e ai, qual foi a sua resposta para a pergunta no título do post, assista a charge abaixo e entenda o porque do título.

Maurício Ricardo, esse cara é muito bom.

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

FEMUCIC - MÚSICA DE ABERTURA DA EDIÇÃO 2010

Sempre gosto de relembrar o FEMUCIC 2010, e agora então que eu tenho o DVD para rever algumas das apresentações, fiquei ainda mais ansioso pela edição deste ano. Me lembro especialmente da primeira noite, dia 19 de maio do ano passado. Fui sozinho, confesso que estava um pouco chateado por ter que ir só, mas no fim das contas, entendi que não teria sido tão proveitoso se eu estivesse acompanhado, me emocionei logo de cara com a abertura, perfeita, muito linda mesmo, pensa numa apresentação bem feita, o Nós Em Voz, juntamente com a Banda Femucic sob a direção do Dirceu Saggin, já brindava quem foi ao festival com uma abertura linda, um Pot-Pourri com algumas das canções que já tinham sido apresentadas em edições anteriores, bom, quem foi lá em pelo menos uma das noites e chegou no horário, pôde assistir a essa apresentação da qual eu estou falando, quem não foi, perdeu: "ao vivo é bem melhor", como diria um antigo locutor da Maringá FM. Vou postar aqui o vídeo com o clipe de abertura do FEMUCIC do ano passado,  editei e antes da abertura, você vai poder conferir um trechinho de um dos vários cordeis que o Beto Brito apresentou durante os intervalos na edição de numero 32 dessa nossa grandiosa mostra de música.

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Pessoas são insubstituiveis!!!

A algum tempo atrás eu escrevi um texto que comparava a vida a um quebra cabeças, divaguei bastante no texto e hoje de uma curta conversa com a Sandra, creio ter conseguido resumí-lo em uma frase bem curta:
"Pessoas são insubstituíveis, ninguém ocupa o lugar de ninguém, a vida é feito um quebra cabeça, não se encaixa uma peça no lugar de outra."

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

No blog da Lu

O texto que a Lu postou hoje toca diretamente na ferida de alguns de nós, há até quem tenha por meio de um comentário, colocado em dúvida a autenticidade dos leitores que por lá comentaram, bom eu só li comentários elogiosos e com a expressão de algumas emoções sobre o texto, um dos comentários me chamou a atenção em especial, mas você precisará acessar o blog da Lu para ver, foi o comentário do Denison, que me enviou por email a autorização para usar aqui, um vídeo postado por ele no youtube para ilustrar o comentário, que pelo que eu entendi, foi feito por ele juntamente com alguns colegas de sala de aula, enquanto cursava a disciplina de Ciências Sociais e Políticas no segundo semestre de 2009 no CESUMAR, a música é do Rick Astley e se chama "The ones you love", eu não conhecia a música, gostei muito da música e o clipe ficou ótimo, parabéns ao Denison e aos amigos dele pela sensibilidade. Quer ler o texto da Lu antes de assistir ao clipe, clique aqui e acesse o blog dela.

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Um Bom Motivo Para Acreditar Que Tem Tudo Para Dar Certo

"Foi por te ver, andando, reto entre tudo que há de incerto em mim, que eu sempre te quis, sempre te quis assim, só pra mim..."
Quando eu realmente conheci esta música, o ano era 1998, eu estava trabalhando com o Léo Junior, na Radio do Thermas de Maringá, e um garoto, um adolescente de quem não vou saber dizer o nome agora, me pediu uma música da banda "Os Paralamas do Sucesso"  chamada "Busca Vida" e eu não tinha a tal música.  Aconteceu num sábado e no domingo o garoto apareceu lá com o CD "Nove Luas", perguntei se ele queria que eu copiasse algumas músicas para o MD e devolvesse, mas ele disse que não, que o cd era meu, que podia ficar com  o cd, (devo ter emprestado também). O Herbert Viana tem letras muito boas, gosto da maneira como ele expõe sua visão da vida, do mundo e do amor. No mesmo CD você pode ouvir vários outros sucessos, como "Lourinha Bombril", "Capitão de Indústria", "La Bella Luna", "Outra Beleza" e claro a música que eu citei um trechinho logo no início desta postagem e se chama "Sempre Te Quis" e é uma das minhas músicas preferidas desta banda.
É o segundo post seguido em que eu falo sobre música, neste a idéia é um pouco diferente, não vou ficar falando da banda, mas sim pretendo expor aqui a minha leitura da letra desta música tão linda escrita pelo Herbert Viana:
Não vou disponibilizar aqui a letra inteira da música, mas deixei o link direto da letra da música, basta clicar na frase do início deste post e acessar a letra no site da banda, onde você terá acesso à letra na íntegra e se quiser, também pode fuçar um pouco no site, saber mais da banda e coisa e tal. O raciocínio todo surgiu da conversa que eu tive com uma menina de uns 17 anos que trabalhava no clube naquele ano, ela andava cheia de dúvidas a respeito do relacionamento dela, ela não estava feliz, dizia que gostava do garoto, mas que ele era um tanto ciumento, que ele não aceitava muito bem o fato de ela ser uma pessoa extrovertida, que perto dele ela às vezes se sentia acuada, tentando se comportar de uma forma que a fazia sentir-se mal, pois aquela não era ela, ela disse que sabia que não era perfeita, também tinha defeitos, mas que não entendia o porquê de ele implicar tanto com quase tudo a respeito dela, parecia que ele só ficava de bem com ela quando não tinha mais ninguém por perto, me lembro que ela me disse que se esforçava para aceitar e lidar da maneira correta com os "defeitos" dele, que se esforçava para aprender a caminhar junto com ele mesmo sabendo que algumas coisas não iam mudar, ele dizia que ela o fazia se sentir seguro a ponto de realizar coisas que antes de conhecê-la, pareciam impossíveis, mas parecia que ele não estava disposto a fazer o mesmo por ela. E eu me lembrei que eu tinha ouvido esta música alguns dias antes e tinha pensado muito sobre esta frase; "Foi por te ver andando reto entre tudo que há de incerto em mim, que eu sempre te quis, sempre te quis assim, só pra mim" citei a letra da música e disse, que ela tinha que fazer uma análise e ver se ela tinha isso com ele, e ponderar se era interessante para ela, uma pessoa extrovertida, tentar ser o oposto disso por alguém que não fazia o menor esforço para encontrar o equilíbrio certo no jeito de lidar com ela, é claro que o “extrovertido” dela talvez pudesse ser  um pouco contido em algumas situações, mas não creio que um extrovertido tornar-se um “introvertido” seja boa coisa. Observando meus pais, vejo que é bem assim, a tal idéia de completar um ao outro é mesmo linda e romântica, mas para mim, quem nos completa é Deus, o criador, com ele somos inteiros e o relacionamento dos meus pais me faz entender, que minha mãe com certeza já aprendeu muito a se encontrar e andar reto nas incertezas de meu pai, e permitiu que ele fizesse isso por ela também, por isso estão juntos a 37 anos.  É esse o tipo de relacionamento que nos faz bem, o que faz bem ao nosso coração é quando encontramos alguém que é capaz de se equilibrar diante das nossas incertezas e angústias e nos ajuda a fazer o mesmo, onde sozinhos não saberíamos o que ou como fazer, e nos permite fazer o mesmo, não há perfeição, somos todos cheios de imperfeições, devemos claro buscar ser pessoas melhores a cada dia, e os relacionamentos devem servir para isso, eu não quero alguém que dependa de mim completamente, e também não quero depender de ninguém por completo, mas a bíblia com todo seu conteúdo de sabedoria nos diz que "é melhor serem dois do que um, pois assim, se um cair o outro o ajuda a levantar" isso é companheirismo, cumplicidade, e aqui cabe mais um pouquinho de reflexão, já pensou o quanto a amizade é importante num relacionamento, eu quero me casar um dia, quero me casar com alguém de quem eu também seja muito amigo, penso assim, se aprendemos a ser amigos antes, fica mais fácil entender e aceitar que aquela pessoa não é e nunca será do jeito que nós queremos, e entendemos que nós também não somos essa perfeição toda, então aceitamos, aprendemos a lidar com isso e a convivência se torna algo agradável. Você tem uma amizade sincera com a pessoa com que você se casou, ou com quem esta namorando? Espero que eu tenha contribuído para uma boa reflexão, um abraço a todos e até a próxima.

Ps. Tem alguma dica sobre uma música que assim como esta que eu citei, ajuda a refletir sobre as questões da vida? Fique a vontade, comente, sinta-se a vontade.

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

ROXETTE

Eu ja tive 3 cd's desta dupla Sueca, me roubaram e hoje não tenho mais nenhum, digo roubaram, porque um foi mesmo roubado de dentro do estúdio la da Rádio Thermas, no antigo Thermas de Maringá, hoje "Solar das Águas", e os outros dois, alguém pediu emprestado e nunca mais devolveu, isso também é roubo em minha opinião. Mas voltando a falar de Roxette, ta ai uma banda que praticamente todo mundo conhece pelo menos uma música deles, afinal quem não assistiu o filme "Uma Linda Mulher" não é mesmo, a carreira da dupla estourou mesmo foi a partir deste filme, ao embalar o romance entre as personagens Vivian Ward (Julia Roberts) e Edward Lewis (Richard Gere). O objetivo de todos numa epoca sem internet e consequentemente sem youtube, era conquistar o grande público americano, se os Norte-Americanos conheciam, pegavam gosto pela música e começavam a consumir, então o mundo estava ganho, tem uma história curiosa de como a banda acabou ficando conhecida nos EUA. Dean Cushman, um rapaz, estudante norte-americano de Minneapolis, que estava em uma viagem de intercâmbio na Suécia, ouviu a música "The Look", gostou, comprou o Album "Look Sharp!" e levou para os Estados Unidos, ao chegar lá, foi até uma Emissora de Radio FM e conseguiu convencer o pessoal da Rádio de que a música era boa, e como o diretor da rádio gostou e percebeu que a música era mesmo muito bem executada e interpretada, fez cópias para todas as emissoras onde ele tinha amizade e rapidamente a música virou sucesso nos States, e segundo a dupla Marie Fredriksson e Per Gessle foi assim que se iniciou a carreira internacional do Roxette.
Proponho o seguinte, relembrar alguns dos grandes sucessos desta simpática dupla, colocarei os links para você assistir o clipe no youtube, abaixo, vou postar o clipe da música nova deles, é meus amigos, eles voltaram e ao que parece, nada mudou, continuam  uma excelente dupla.
A primeira:
Listen To Your Heart >Aqui a tradução<
http://www.youtube.com/watch?v=yCC_b5WHLX0
Spending My Time
Me lembro que na época em que essa música fez sucesso no rádio, eu detestava quando me dava conta de que eu tinha "perdido meu tempo" esperando na esperança de que o locutor não ia falar em cima da música no final e ele acabava falando, isso quando não acontecia o contrário né, pois já que a música começa já com a belíssima voz da Marie cantando, What's the time, seems it's already morning...
http://www.youtube.com/watch?v=eG0IYV6G0I0
Spending My Timy(acústico) >Aqui a tradução<
http://www.youtube.com/watch?v=dOSp8icSHXg
Mesmo sem saber o que ela diria ao irmão ou ao pai dela, ela afirma que vai se vestir para o sucesso, nesta música que é agitada desde o início.
Dressed For Success >Aqui a tradução<
http://www.youtube.com/watch?v=kkxj5xVLyj0
Sabe como é, não é bom perder o rítimo, então ai vai a famosa música que o Dean mostrou para o pessoal da radio.
The Look >Aqui a tradução<
http://www.youtube.com/watch?v=LlVI7ZNiFlI
Eu acho Joyride uma música muito legal, acho o máximo ouvi-la com um bom fone de ouvido, o assovio na música ficou bem legal.
Joyride >Aqui a tradução<
http://www.youtube.com/watch?v=xCorJG9mubk

Me lembro que fiz festa sozinho quando consegui gravar numa fita cassete a música nova do Roxette. Se não estou enganado foi o Carlos Beto que tocou inteirinha a música na rádio e eu consegui gravar.
How Do you Do >Aqui a tradução<
http://www.youtube.com/watch?v=nx2iLOvP0rM&NR=1
Eu assisti o filme "Uma Linda Mulher" muito tempo depois de conhecer a música, "It Must Have Been Love", quando o filme passou no cinema, eu ainda não tinha costume nem a liberdade pra ir, só vi na TV, e acho que ja era reprise a primeira vez que vi.
Ai está, a música...
It Must Have Been Love >Aqui a tradução<
http://www.youtube.com/watch?v=k2C5TjS2sh4
Abaixo, a música nova da dupla que está voltando com tudo e ja anunciou uma turnê para este ano, será que eles vão passar pelo Brasil?
She's got nothing on (But the radio)

domingo, 23 de janeiro de 2011

O Horário Brasileiro de Verão

Hoje pela primeira vez na vida me atrapalhei por causa do horário de Verão, tem muita gente que reclama dessa mundança que acontece uma vez por ano, diz que é muito chato, que odeia. ou que não serve para nada. Eu não, eu até gosto, os dias mais longos nos proporcionam um pouco de tempo no fim de tarde pra curtir a luz do sol, para alguém que trabalha numa sala fechada com ar condicionado o dia todo, e só pode ver a rua pela janela, é sim um alívio curtir o sol do finzinho da tarde, aquele que já não é tão agressivo e até faz bem para gente, quando meu sobrinho Arthur nasceu, descobri que os médicos recomendam banho de sol aos recém nascidos, ou seja, o sol não está lá só para nos fornecer a luz do dia, ele também faz bem a saúde da pele. E lá se vão duas semanas desde que eu retornei da praia, e só agora comecei a descascar, vou ter que abrir mão do meu bronzeado, mas quer saber, não faço questão não, afinal, se a pele ta saindo, é porque já não me pertence mais , e tem mais, o bronzeado até que vai bem enquanto você está la na praia, mas voltar ao trabalho e trabalhar o dia todo de calça comprida, camiseta ou camisa gola polo, esconde tudo, e claro , homem não chega querendo mostrar as marquinhas, aliás, o que poderia ser mostrado, não é bem uma marquinha, e sim uma branquidão enorme que fica na região coberta pela sunga, e que durante o banho, te da a sensação estranha de que você não está se lavando direito. 
Voltando a falar do horário de verão, volto a dizer, gosto sim do horário de verão, tiro um bom proveito dele, já tirei mais proveito ainda, mas não deixei de gostar do  horário de verão depois que parei de trabalhar nos clubes, continuo gostando. Desde o verão de 2009/2010 passou a valer um decreto de lei que acaba de vez com aquela aflição de quem não ve a hora de começar o horário de verão, e dos muitos que ficam ainda mais aflitos querendo saber quando ele acaba, e claro torcendo sempre para acabar logo. Esse decreto de lei, assinado pelo Presidente Lula, diz o seguinte; "Art. 1o Fica instituída a hora de verão, a partir de zero hora do terceiro domingo do mês de outubro de cada ano, até zero hora do terceiro domingo do mês de fevereiro do ano subseqüente, em parte do território nacional, adiantada em sessenta minutos em relação à hora legal.
Parágrafo único. No ano em que houver coincidência entre o domingo previsto para o término da hora de verão e o domingo de carnaval, o encerramento da hora de verão dar-se-á no domingo seguinte." O decreto foi assinado em Setembro de 2008, assim sendo, é possível adiantar que o próximo horário de verão, vai começar no dia 16 de Outubro de 2011 e terminará no dia 19 de Fevereiro de 2012. Isso claro, se as previsões do Calendário Maia estiverem certas e o mundo for acabar mesmo só em Dezembro de 2012. (vai que acaba antes )

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Você tem dó do Michel Temer?

Eu não, tenho certeza que ele da conta...

... dessa onda toda que tão tirando do fato de a Marcela Temer, mulher dele ter só 27 aninhos e ser 43 anos mais jovem que ele.
Rir é sempre um bom remédio.

Seguir Em Frente

Em 2008 escrevi um texto que mandei por email a alguns amigos, eu ainda não contava com este espaço, portanto nem todos tiveram a chance de conhecer este texto, hoje me lembrei dele e resolvi resgatá-lo, terei que fazer algumas alterações, pois nele eu citei uma situação que tinha acontecido num programa de tv, aliás me lembrei do texto na verdade depois de ler um texto no blog da Lu sobre os programas de TV. Eu confesso que preferia o Roberto Justus na Record a frente do programa "O Aprendiz" do que onde ele se encontra atualmente, foi assistindo esse programa que o texto abaixo nasceu, no final faço uma citação de um texto de Albert Einstein que usei para concluir o meu.

Assistindo o programa "O Aprendiz" na Record, vi Roberto Justus tomar uma decisão entre um sonhador que ele julgou sonhar muito pequeno e, outro, em quem ele também viu demasia, mas no sentido oposto, um sonho que na opinião dele Roberto, era um tanto mirabolante. O Henrique sonha realizar o projeto da concepção de um carro, o projeto inteiro de um automóvel que pelo que eu entendi segundo palavras do próprio Henrique, seria concebido para concorrer com Lamborghini e Ferrari. No outro dia pela manhã depois do banho, ao ligar o rádio pra ouvir o Jornal Primeira Hora enquanto me arrumava para ir trabalhar, ouvi um publicitário citar um texto de Albert Einstein e então, compreendi melhor a decisão do Roberto Justos que no programa demitiu o candidato Danilo, cujo plano/sonho caso não continuasse no programa era voltar a trabalhar na empresa onde ele trabalha com meta de se aposentar aos 50 anos e depois montar uma Vinícola numa cidadezinha no interior do RS e assim ficar tranqüilo por lá. Ele foi dizer isso logo ao Justus, um publicitário que pouco depois de passar dos 50 anos, tinha se desfeito de tudo, vendido todas as suas empresas e dado início a um projeto novo, praticamente recomeçando uma história e claro, não está nem pensando em se aposentar no momento.
o Texto que eu ouvi no outro dia pela manhã foi o seguinte...

"Diz-se que, mesmo antes de um rio cair no oceano, ele treme de medo. Olha para trás, para toda a jornada: os cumes, as montanhas, o longo caminho sinuoso através das florestas, através dos povoados, e vê à sua frente um oceano tão vasto que, entrar nele, nada mais é que desaparecer para sempre. Mas não há outra maneira. O rio não pode voltar. Ninguém pode voltar. Voltar é impossível na existência. Você pode apenas ir em frente. O rio precisa se arriscar e entrar no oceano. E somente quando ele entra no oceano é que o medo desaparece. Porque apenas então o rio saberá que não se trata de desaparecer no oceano, mas tornar-se oceano. Por um lado é desaparecimento, e por outro lado é renascimento. Assim somos nós.

Voltar é impossível na existência. Você pode ir em frente e se arriscar: Torne-se OCEANO!"
(Albert Einstein)

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

O MELHOR PAI DO MUNDO

Hoje é aniversário de meu pai, esta postagem poderia sim ter sido feita mais cedo, mas quando eu pensei nela e percebi que meu dia no SESC seria um pouco estressante, e eu não teria a inspiração correta para registrar aqui algumas palavras para homenageá-lo, achei melhor deixar para quando chegasse em casa.
É papai, o senhor está quase se tornando um sexagenário, desde 1953 que o Sr. Isaias vem escrevendo sua história, vou contar aqui um pouco da minha participação nela. Quando eu nasci, meu pai tinha 24 anos, ja era pai da minha irmã Aletér, a vida não era muito fácil, e a minha chegada parecia anunciar que o difícil mesmo ia começar naquele ano. Meus pais são cristãos evangélicos praticamente desde o berço, portanto sempre foram pessoas de muita fé, nascidos e criados praticamente dentro da igreja Assembléia de Deus aqui em Maringá, acontece que quando Deus entendeu que eu poderia ficar aos cuidados dele e de minha mãe, eles aceitaram o desafio e contrariando muitas previsões, inclusive as médicas, eu já cheguei aos 34 anos, no aniversário de minha mãe em julho eu citei aqui um pouco do que é minha mãe, pois meu pai, ainda que as vezes não pareça, é bem parecido com ela, eu já o ouvi contar várias vezes, que certo dia, depois que eu nasci e diante do fato de que nenhum médico conseguia dar um diagnóstico muito favorável a meu respeito, meu pai me pegou no colo, me ergueu aos céus e consagrou minha vida a Deus, pedindo a Deus que permitisse que ele me visse crescer, que ele tivesse a chance de me observar crescendo e com saúde e que ele iria testemunhar esse milagre a vida toda, pois bem Sr. Isaias, hoje seu filho, aprendeu relativamente bem o português, se vira bem no inglês e ja sabe até usar um blog para lhe prestar esta homenagem. Mudarei um pouco uma frase conhecida que fala da mãe, pois hoje pai é seu aniversário, e pode até ser que não concordemos em tudo, mas uma coisa eu tenho certeza que posso afirmar, eu, a Léia, o Joabe, e a Lê, te consideramos "O Melhor Pai do Mundo" Um beijo no seu coração e Parabéns pelo seu aniversário. Deus o abençoe sempre.

DINHEIRO TEM COM CERTEZA

Tá, então, a saúde vai ficar sem dinheiro por causa da extinção da CPMF? E acreditem, eu sei que os assuntos tratam de esferas diferentes, mas creio eu, na minha pequena ignorância, que se cortarem algumas mordomias financeiras e diminuirem um pouco o salário de alguns políticos, sanarem um pouco mais da corrupção que corre solta, e alguém tomar uma providencia e mandar esses senhores ex-governadores tomarem vergonha na cara, aparece mais dinheiro, ah se aparece... (li aqui)

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

FEMUCIC 2011 - INSCRIÇÕES ABERTAS

Hoje pela manhã a Barbara do departamento cultural do aqui do SESC, participou ao vivo do Bom Dia Paraná falando sobre este já tradicional festival de música que acontece em Maringá a 33 anos. As inscirções já estão abertas desde segunda feira(17) e vão até o dia 27 de Março. O Festival de Música Cidade Canção este ano, irá acontecer em junho, podem se inscrever músicos com canções próprias e inéditas no FEMUCIC, os estilos são bem variados, desde MPB, ao Rock Nacional, passando também pela música regional, instrumental e até o sertanejo de raiz, se você é músico e gostaria de participar, clique aqui e inscreva suas músicas, cada participante pode inscrever até três canções, serão selecionadas 52 canções para as apresentações que acontecerão de 1º a 4 de junho. Eu estarei lá, conferindo tudo, para registrar em palavras aqui no blog a minha leitura de cada apresentação.

A VIDA E O "CTRL+Z"

Eu tenho 34 anos, e já fiz esse exercício algumas vezes pensando em escrever sobre este assunto e de novo hoje, não o fiz desejando que fosse verdade, mas sim para ter mais sensibilidade no contexto do que vou  digitar aqui. Quando comecei conhecer um pouco mais o mundo da informática, lá pelos idos de 1996, me lembro que uma das coisas que aprendi muito rápido foi a usar o "CTRL+Z".
Hoje eu dou aula de informática e acontece quase todos os dias, o aluno fez alguma coisa que não era para ser feito daquele jeito e quando eu chego e vejo que há algo errado, algumas vezes não consigo me segurar e acabo desfazendo o erro usando essa função e sempre ouço a pergunta: Mas o que você fez como você fez para voltar tudo ao normal tão rapidinho? me mostra como faz isso!!! É meio automático, depois que aprendemos a usar o "CTRL+Z", passamos a usá-lo muitas vezes durante o uso do computador. Agora imagine uma função "CTRL+Z" na vida, imagine que assim como no Word e no Excel..., você possa se arrepender até 100 vezes, desfazer algo que não deu certo e, fazer de novo com o objetivo de acertar, de melhorar o resultado. Tá, eu vou complicar um pouco, pois como eu trabalho com informática, vou descrever algumas particularidades e aplicar nesta vaga idéia de ter um "CONTROL Z" para usar em nosso cotidiano.
Primeiro tem a limitação, no software são 100 arrependimentos a cada documento, na vida seriam 100 chances de "desfazer" durante toda a vida, ou seja, seria preciso escolher muito bem do que se arrepender a ponto de desfazer para fazer de novo. No Word, você pode se arrepender de praticamente qualquer coisa, errou, use o "CRTL+Z" é muito útil, facilita muito sabe, só que o Word é um editor de texto e qualquer um que fez faculdade ou simplesmente gosta muito de escrever domina bem o Word e sabe que ele é relativamente fácil de usar, já o Excel, não é difícil, só um pouco mais complexo, planilhas, cálculos, e coisas que não fazem lá o gosto de todo mundo. O que talvez nem todos saibam, é que enquanto no Word, o "CRTL+Z" funciona bem e é muito útil, no Excel é diferente, não da pra se arrepender de tudo no Excel, no Access então nem se fala. No Photoshop o "CRTL+Z" não funciona justo quando o arrependimento é grande, no Corel Draw ele funciona algumas vezes, mas o melhor mesmo é aprender a não contar muito com ele, eventualmente uso alguns programas para edição de áudio, como o Samplitude e o Sound Forge e esses programas também não aceitam bem os arrependimentos do usuário, comecei a me aventurar na edição de Vídeo e quer saber, quanto mais complicado o software, menos você deve contar com o tal recurso.
O complicado é que ficamos dependentes do tal recurso, o exercício ao qual me referi no início deste post é o seguinte; imagine se cada um de nós tivesse a chance de usar um recurso parecido só três vezes? É claro que você que é leitor ou leitora deste blog já tinha entendido isso né, só que você talvez tenha achado muito complicado imaginar 100 situações em que você voltaria atrás e faria de novo. Então tente imaginar só três.
Eu pensei, por exemplo, que voltaria alguns anos no tempo e não teria me deixado abater quando a professora da 4ª série disse que eu era batata podre no meio das outras crianças, ela não soube lidar comigo e eu escolhi matar aulas para assistir os desenhos do Show da Xuxa na Eletrônica Rio de Janeiro, voltaria atrás e contaria a minha mãe o que a professora disse, pediria a ela que fosse até a escola e reclamasse com a direção sobre a professora, mas quando minha mãe e meu pai souberam, já era tarde, eu já tinha perdido o ano letivo e então resolveram que eu pararia de estudar naquele ano, parar de estudar nunca é a opção correta, não mesmo.  2 - Voltaria a 1997 e aceitaria o conselho do Roger Lovato, aprender sobre o mundo Linux e Unix, creio eu que teria feito muita diferença na minha vida, até agora já foram dois usos do recurso, um lá pela metade da década de 80, outro há uns 14 anos atrás. O terceiro é mais recente, é mais dramático e eu não vou citar o nome de ninguém, aconteceu a pouco tempo, o ano era 2008, em dezembro, eu deixaria o Titanic passar por mim, não me deixaria seduzir pela beleza e por um capricho que me fazia lembrar que eu sempre quis embarcar nele e descobrir "como seria se fosse", ignorando que minha voz interior e pessoas que gostam de mim tinham me avisado que estava tudo pronto para afundar, mas não dei ouvidos e me machuquei um monte, não foi bom. Veja bem, seja por três ou 100 vezes, era preciso ter cuidado ao usar este recurso, pois, por exemplo, eu já teria usado minhas três oportunidades e creio eu, ainda tenho muita vida pela frente e tenho certeza que alguns que estão lendo este texto quando viram que eu diminui o número de vezes para três, tenham parado o texto e imaginado junto comigo as três vezes que usaria o "CRTL+Z", e olha que eu gosto de afirmar para as pessoas que prefiro me arrepender de ter feito, do que não fazer e ficar imaginando como seria se eu tivesse feito. Pois é, a imaginação da gente viaja e vai longe né, se eu fosse imaginar de novo três vezes, mudaria uma ou talvez duas dessas descritas acima, você já assistiu o filme "O Efeito Borboleta"? só o primeiro tá, ao terminar este texto me lembrei do filme, Evan tenta voltar no tempo e tomar decisões diferentes, só que cada vez que ele tenta consertar as coisas, o caos de alguma forma toma conta de algum momento da vida dele. A vida não tem "CRTL+Z" e para terminar este post, eu vou usar uma frase muito conhecida. "Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim."

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Minha Próxima TV

Ou quem sabe pelo menos um SetBox da GoogleTv né...
Matéria do Olhar Digital

Menos TV e quem sabe um pouco mais de interatividade e possibilidade de escolha.

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Um banho de chuva para lavar a alma

Ontem quando começou a chover, peguei uma toalha, deixei no jeito, bem na entrada do apartamento e fui para a rua, caminhar na chuva, fui descalço, só de short e sem camisa, o objetivo era sentir a água da chuva tocar minha pele enquanto eu pensava na vida. Quando criança eu adorava fazer isso, com uma pequena diferença, tinha que pedir para minha mãe e se ela deixava era só alegria, quando ela não me deixava, eu ficava da janela, observando a enxurrada da chuva levar algumas folhas, galhos, e às vezes dava pra ver uma criança sortuda que a mãe tinha deixado brincar na chuva descendo pela rua na enxurrada, o chato era que eu não estava lá. Hoje eu posso tomar essa decisão sozinho e me lembro da primeira vez que eu resolvi sair caminhar na chuva para pensar na vida, foi num dia muito difícil para mim, eu não vivia um bom momento, me sentia muito triste, rejeitado, angustiado, traído e por ai vai, naquele dia dei umas 3 voltas no quarteirão e me lembro de ter chorado muito durante aquelas 3 voltas, era de madrugada, ninguém da minha família soube, aquelas voltas embaixo de chuva me ajudaram a aceitar que eu deveria me arrepender de ter feito algumas escolhas na minha vida, prometi a mim mesmo que não permitiria mais que aquilo acontecesse, prometi até que não me apaixonaria mais, nunca mais na minha vida. Mas já sabe né, sou pessoa normal e também faço promessas que não posso cumprir, ainda bem que na maioria das vezes as faço para mim mesmo, não que não seja frustrante quando não cumpro algo que combinei comigo mesmo. Era mais fácil e menos penoso sair brincar na chuva antes, quando criança eu não saia para pensar, saia para brincar mesmo, e era só divertido, nunca era doido. Ontem, sai para pensar nos planos para 2011, e foi doído ter que pensar em deixar coisas para trás, minha família, meu norte, é verdade que a distancia é pouca, um pouco mais de 400 km, mas imaginar ficar longe deles é muito triste. Os meus amigos, tem tantas pessoas de quem eu gosto aqui, vivo citando amigos meus aqui no blog, é tão estranho pensar em fazer novas amizades, não é ruim, mas é estranho pensar em ter que fazer novas amizades, conhecer pessoas novas é sempre bom, mas deixar amizades para trás é muito ruim. Fazer uma escolha é sempre ter que escolher deixar de lado algumas possibilidades, sonhei algum dia encontrar um amor e eu sei que esta pessoa existe, só que neste momento não quero nem ficar pensando muito nisso, nem escrevendo sobre isso, pois me encontro acreditando que até sei onde ela mora, e eu já me enganei tantas vezes, melhor seguir em frente com meus planos, de me mudar, respirar novos ares, se eu sei mesmo onde ela mora, então não vou conseguir fugir, e enquanto digito este texto a Radio Globo FM toca uma música do Freddie Mercury, que diz: "I was born to love you, with every single beat of my heart, yeas I was born to take care of you, every single day of my life" e eu penso,  e eu comentei com uma amiga: "Será que eu não nasci para amar e cuidar de alguém e permitir que essa mesma pessoa faça isso por mim?" No momento eu estou fazendo opção por escolher deixar esse e muitos outros assuntos de lado e seguir um rumo diferente para a minha vida, com certeza, quando eu já tiver feito tudo certinho, quando as coisas se acertarem e eu puder dizer que já estou estabelecido com as minhas decisões, o mais irá se acertar e eu vou poder sair para a chuva e assim como Don Lockwood (Gene Kelly), cantar, dançar, cantar, dançar e cantar...

Lulu, Seres de Outro Planeta e o Futuro Incerto de nosso Habitat!!!


Eu sinceramente acredito que pode sim existir vida em outros planetas, só acho que não chegaremos a ter um relacionamento com essas vidas, tipo fazer visitas e desenvolver amizades ou coisa assim, mesmo porque, somos cada vez mais incapazes de manter um bom relacionamento com países vizinhos, ou até mesmo com nosso vizinho da rua, às vezes temos dificuldade nesse sentido até com o colega de trabalho que se senta na cadeira da mesa ao lado. Como seria possível então um contato com seres supostamente tão evoluídos? Gosto muito do Lulu Santos, gosto das músicas dele, as mais antigas são melhores, fui a um show dele certa vez e a fama de chato dele caiu por terra, quando ele gentilmente pediu a alguns bobos que insistiam em brincar com uma bola enorme bem no meio da multidão, que parassem com aquela brincadeira, por que além de atrapalhar quem estava mais atrás e queria ver o show, também poderia acabar machucando alguém. O Lulu acredita muito nessa coisa toda de vida em outro planeta, e até estuda um pouco de astronomia. O Lulu compôs uma música que se chama "O Retorno do Maia Intergalático" e eu já ouvi várias vezes no meu MP4, nela o Lulu fala basicamente de seres de outro planeta que estariam analisando nossa condição humana, observando até onde estamos prontos para dar o próximo passo e evoluir, a pergunta pertinente na música é se estamos prontos para evoluir ou se estamos programados para nos autodestruir, lá pelo finzinho da letra, ele diz que alguns de nós tomamos estes supostos seres de outro planeta por anjos e diz que essas pessoas em geral pensam que estes seres zelam pelas suas vontades, o que segundo a letra, é na verdade pura covardia e uma forma de fugir a própria responsabilidade. É Lulu, não sei exatamente o que você pensava quando escreveu esta letra, só sei que é bem verdade, o homem destrói o planeta em que vive, tornando nosso habitat um enorme depósito de lixo, não só os lixos de destroços, mas também lixos intelectuais e, com isso enquanto pensa que evolui, na verdade está a regredir, pois do jeito que as coisas estão indo, a natureza que é na verdade a fonte de todas as grandes descobertas e invenções, não poderá mais fornecer matéria prima nenhuma, por culpa do próprio mordomo, que é o ser humano. Ta respondia a pergunta, evoluir não é nem de longe o próximo passo, primeiro vamos ter que dar alguns passos atrás, para repensar as atitudes que teremos em relação ao futuro do nosso planeta, casa lar chamado TERRA.

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

FANTASMAS NA CAMARA DE VEREADORES


clique no play e ative a Trilha tema deste Post.

Hoje pela manhã estive conversando com meu pai e fazendo conjecturas sobre quais serão os que vão escapar desta situação. Eis algumas conclusões a que chegamos e que infelizmente é a mais pura e cruel realidade. Os envolvidos neste esquema são: Um garoto que é muito jovem e recém se elegeu a uma vaga na câmara dos deputados estaduais, pertence a uma família que tem um poder aquisitivo muito alto, e é muito influente em todo o estado, mesmo porque o avô do rapaz presidiu o tribunal de contas do estado até a chegada do atual governador, que o substituiu por um sujeito que parece um surfista em fim de carreira, mas isso não vem ao caso. Agora responda você mesmo, o que você acha que vai acontecer? Será que o cara que gastou uma grana altíssima para se eleger deputado estadual, aquele mesmo que pouco depois de assumir uma cadeira na câmara de vereadores, deu um jeitinho de inventar um projeto que beneficiava os donos de cartórios em Maringá, o projeto era dele, mas quem se apresentou foi outro vereador, campeão de votos, aliás, eu não votei no garoto para Dep. Federal, e acho errado o sujeito que se elege vereador recebendo o voto do povo para assumir um mandato de quatro anos, dois anos depois deixa o compromisso pra lá e pula alguns degraus para chegar mais alto. Outro e não menos importante, também vai ter as costas quentes, veja bem, eu não quero julgar ninguém, mas vamos lá, o cara é irmão de um deputado federal recém eleito, que teve um numero expressivo de votos e que todo mundo sabe, é candidato a prefeito em 2012 mesmo antes de ser candidato a deputado federal nas eleições de 2010, e quer saber, a mulher mais poderosa do país é do mesmo partido que ele, ou seja, mesmo que sejam verdadeiras as acusações contra o irmão dele, vereador aqui em Maringá, mesmo que o Dan Aykroyd traga sua equipe pra cá com todo o aparato, e consiga através de analises de espectros provar que os fantasmas realmente existem isso não vai dar em nada para não prejudicar as intenções do deputado federal no próximo pleito a prefeitura de Maringá. Restam três né, um deles foi personagem principal numa história bem maluca em 2009 envolvendo uma catadora de latas, que ao tentar sacar o PIS/PASEP descobriu que não tinha direito por ter sido funcionária da câmara de vereadores por quatro meses entre agosto e dezembro de 2008, sem nunca ter ido até lá, nunca ter assinado nada, nem nunca ter recebido nada por trabalhos prestados a nossa casa legisladora, sério mesmo, ele explicou que foi um erro dizendo que tinha sido só um erro na hora de apresentar o numero do PIS, Tá, e eu sou só um eleitor otário e alienado. Outro é aquele que tem cara de bravo, eu o vi no transito outro dia, segurando o cigarro pra fora e a cara dele é mesmo de um cara bravo no diminutivo, se pelo menos tivesse bravura para defender os interesses da população né, até onde eu sei, fez carreira política usando como palanque o assistencialismo e esse tipo de político em minha opinião já não deveria existir mais. O ultimo, eu confesso que nunca tinha ouvido falar nada dele, sei lá, vai saber, já que o jogo de interesses é muito grande, quem sabe ele também não acabe sobrevivendo a essa enxurrada, afinal é especialidade deles (os políticos) né, quando a água sobe, o político sempre bóia né.

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Escrever é Preciso

"Lu Oliveira é curitibana de nascimento e maringaense de coração. Formou-se em Letras pela UEM e trabalha como professora de Língua Portuguesa há 13 anos. Escreve por prazer desde os tempos da faculdade e encontra nas palavras uma forma de dizer ao mundo o que pensa e sente, mesmo correndo o risco de não ser compreendida. Seus textos são crônicas do cotidiano: um olhar particular sobre o universo coletivo.
Usei o recurso "CTRL+C / CTRL+V" para trazer para cá o que diz o perfil da minha mais recente descoberta, nem a conheço, foi curiosidade que me levou a encontrar o link do blog dela dentro da "Tribuna Livre" do blog do Edson Lima, ai passei a manhã toda lendo textos e me deliciando com as publicações inteligentes desta menina/mulher/mãe/esposa/professora e blogueira, quando li no perfil dela que ela é professora de língua portuguesa, ai me interessei ainda mais, por gostar muito do assunto "Língua Portuguesa" e por perceber que ela escreve com muito cuidado deixando aos seus alunos, o bom exemplo a ser seguido. Cheguei ao trabalho por volta das 08h30min da manhã e como no início do ano é tudo muito tranqüilo acabo ficando fuçando os blogs por ai, achei interessante que no post que fiz no dia 4, antes de viajar eu disse que iria andar fuçando nos blogs em busca de erros que fossem passíveis de risos e ao mesmo tempo de aprendizado, pois quando temos a chance de observar atentamente o que está errado, não podemos só achar engraçado, temos que aproveitar para aprender "como não fazer" como diria "Thomas Edson". Tomei a liberdade de escolher algumas das publicações da Lu e nomeá-las aqui, postando junto o link direto, serão espalhados por ai, no total uns 10 eu acho, aposto que no fim das contas você que gosta de ler bons textos vai mesmo é acabar lendo o blog desde o início, uma leitura tranqüila e prazerosa. 
Por exemplo, a Lu tratou do assunto "religião" e chamou de "Religião Tabajara" e ta cheio delas por ai, interessante que hoje mesmo, pouco antes de acessar o blog da Lu, li num comentário do blog do Edson um internauta reclamando de uma igreja que fica nas proximidades da casa dele, que é bem barulhenta e que fica bem em frente a um bar, gente, bar e igreja é o que mais tem nesta cidade, o problema é se um dia juntarem as duas coisas, ai sim a coisa vai degringolar de vez. "Não é o Amor" fala sobre as letras de algumas das músicas que são sucesso atualmente, muito interessante, ela até teve o capricho de citar alguns trechos de uma música deste chamado "Sertanejo Universitário". Me fez lembrar de um texto que li uma vez no Odiário e que acabei me descuidando e não guardei, mas era de uma estudante de jornalismo que expressava sua opinião sobre a onda de funk que estava começando, no texto dela, que foi publicado na versão impressa do jornal, depois de discorrer sobre o tema citando alguns trechos das letras do funk que tava rolando em algumas rádios, ela dizia que a indignação dela a fazia ter vontade de montar numa eguinha e pocotó, pocotó, pocotó pra bem longe daqui. "Toda Nudez Será Premiada Parte II" pensa num texto interessante, engraçado e inteligente, sabe que também acho que não sou deste planeta,  ela fala da Lady Gaga e de outras figuras, que dão certo nojo, mas que conquistam um espaço enorme na mídia. Se quiser ler antes o texto "Toda Nudez Será Premiada" que é a primeira parte deste, basta clicar ali atrás (oops). "Quero Oferecer Esta Música Pra..." Neste eu deixei um comentário meu, sabe como é né, quando o assunto é música, e relembrar os anos 80, ai não tem jeito, eu me envolvo mesmo. "O Dia Em Que Um Carro Caiu Do Céu" de tudo que eu li a respeito do acidente com os funcionários do grupo "RCC" até agora, em minha opinião ela foi a pessoa que tirou o melhor proveito. Por impulso, acho que passarei o dia fuçando no blog da Lucilene, voltando um pouco no tempo, fui ler o que ela andou publicando no mês de agosto, que é o mês de meu aniversário e encontrei este texto sobre o horário político que achei bem interessante, mesmo depois de tanto tempo, vale sim a pena ler. Eu vou parar por aqui, mas vou continuar lá, lendo o que a Lu publica, gostei mesmo do blog da professora, espero que você também possa tirar bom proveito do que esta moça publica, já fica registrado, esta foi a minha descoberta do início do ano, e espero que ela continue a contribuir para a boa formação dos nossos jovens, para que haja menos promiscuidade entre eles, que a professora Lucilene Oliveira continue com essa inspiração do Espírito Santo, e que 2011 seja um ano abençoado na vida de todos nós.
Obs. Acabei ficando praticamente o dia todo no blog da Lu...

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Eu e o Mar...

Pois é, o plano era ter postado sobre a viagem ainda ontem mas, por conta de uma indisposição enorme não consegui concluir, nem liguei o meu micro em casa ainda depois que voltei de viagem, por tanto as fotos que eu fiz com meu celular continuam guardadinhas nele, o vídeo que eu ainda espero editar para postar no youtube também, as fotos que vou postar aqui hoje me foram enviadas pela minha amiga Sandra.
Guaratuba é  um lugar lindo, a primeira vez que eu vi o mar foi lá, foi lá que eu fiquei abobado por alguns minutos, observando essa imensidão de água, natureza linda que Deus nos deixou, quando conheci o mar. Ainda não passei em nenhuma Farmácia para conferir meu peso, mas na sexta a noite lá em Guaratuba eu fiz isso e eu ja tinha engordado por volta de um kilo e meio, todas as vezes que eu fui a praia eu engordei um pouquinho, se eu continuar nos 70,6kg vou gostar, ta bom para a minha estatura. A Sandra me convidou para ir a praia duas vezes, a primeira oportunidade em outubro, tive que deixar passar, no dia 9 de dezembro quando a Sandra me convidou de novo, eu fiquei bem animado, pensei no fim de semana, fiz umas contas e na segunda feira dia 13, ja tinha decidido ir, 12 anos depois eu precisava deste descanso, me dei esses 4 dias de presente. E o presente foi ótimo, melhor até do que eu esperava, gosto muito de criança, nas 3 fotos que estão espalhadas por esse post, é possível entender porque estou dizendo isso, a Sandra levou a Heloisa que me chamou de André Doido a viagem toda, e a Joelma, levou o Chimbi... digo, a Giovana, que foi minha companheirinha das ondas, só na tarde de sábado que foi quando comecei a sentir dores nos ombros que eu me dei conta de que ser pai é uma delícia, mas também é cansativo, a Gi foi comigo pular onda quase todas as vezes, eu só não podia acompanha-la quando ela queria ir dançar com aquele pessoal de educação física que fica lá durante o verão todo, não tinha como, só areia e sol não me fazem muito bem, dentro d'água tudo bem, mas sol e areia, sem sombra e fazendo exercícios, não da mesmo, aliás fiquei assistindo a brincadeira séria deles por várias vezes, só de assistir aquele povo todo torrando e pulando ao sol de mais de 30graus, ja me dava canseira, sabe a cena do Filme do Van Dame, quando um cara o vê fazendo abertura e diz que doi só de olhar, então é bem por ai. No primeiro dia ainda sem noção de adaptação foi meio estranho, achei o quarto apertado, o banheiro apertado, do segundo dia em diante eu ja tinha me adaptado bem, afinal o quarto era só pra dormir e o banheiro era só pra tomar banho mesmo, o ronco do cozinheiro que parecia que ia provocar um terremoto nem foi problema, apesar de eu ter tirado sim um sarrinho nele na sexta feira durante o churrasco, sou grato a Deus por ter tido mais uma vez a chance de desfrutar daquela maravilha que é o mar e conseguido descansar a mente um pouco, também agradeço a Sandra por ter me convidado mais uma vez, vamos ver se na próxima oportunidade eu vou ao Litoral Catarinense, isso em se tratando de litoral sul, pois conhecer as prais do nordeste também é um sonho que em breve deverá se tornar realidade com certeza, um abraço a todos que estiveram nesta viagem, até pensei em citar todo mundo, mas além dos nomes da Jô, da Sandra, da Helo e da Gi que estiveram praticamente o tempo todo junto comigo, eu só me lembro o nome de mais uma menina, então melhor deixar do jeito que está né, vou me esforçar para editar logo o vídeo que estou pensando em preparar para postar no youtube, ai vamos conferir mais fotos e algumas imagens em vídeo, por enquanto é só pessoal, um abraço e até o próximo post.

M.I.C.A

IZABEL A "JÓIA"
Hoje é aniversário da minha amiga Izabel, imagino que talvez o título desta postagem tenha chamado a atenção, e você que acessa o blog e recebe as atualizações no email tenha acessado para ler por pura curiosidade, continue, pode continuar...
É Izabel, seu amigo aqui acaba de voltar de uma viagem de descanso na beira do mar e o primeiro post não será a respeito deste assunto. Afinal de contas a Izabel hoje completa mais um aninho de vida. Conheci (Mary) em 2004, e desde então tenho aprendido coisas sobre nós dois que já valeram longas conversas noite adentro ou tarde afora, entre papos sérios e às vezes bem difíceis, também temos nossos momentos de piadas, falar bobeira, dar risadas, a Izabel Azoia é uma pessoa cada vez mais importante para mim, sem dúvida poder fazer parte de um pedacinho da vida dela e perceber que ela gosta de saber que também faz parte da minha é muito bom. Eu me lembro da primeira vez que nos falamos, e depois que ela me disse o nome dela, eu na hora sai com um trocadilho, espero que ela se lembre disso, pois me lembro que quando ela me disse o sobrenome "Azoia" eu, assim como a maioria das pessoas creio eu, fazem, acabei pronunciando "Azóia" com acento agudo e ela me explicou que não tinha acento, por tanto o "O" não tinha que ter som de "Ó", mas eu como sou do tipo bem palhaço, me sai bem, dizendo que dava pra deixar por "Azóia"  e assim podia rimar com "Jóia" já que ela seria a jóia que eu tinha acabado de conhecer e tem sido assim. Nossa amizade tem se fortalecido desde então, e por mais que tenhamos passado algum tempo sem nenhuma comunicação, quando nos reencontramos, foi como se nunca tivesse acontecido esse intervalo e nossa amizade tem se mostrado ser como uma jóia que vem sendo lapidada através do tempo e vai se tornando cada vez mais linda e rara, e é assim que eu vejo minha amiga Izabel todas as vezes que eu olho para dentro de mim e a vejo ocupando um espaço que é só dela em meu coração e no "Quebra Cabeças" da minha vida. FELIZ ANIVERSÁRIO IZABEL, Que Deus continue te dando graças e que você nunca perca a fé em si mesma antes de tudo, um beijo no seu coração, amo você.

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Você sabe o que é uma "Ávore"? - Nem eu...

Achei esta pérola no blog/site de um Maringaense, eu acesso todos os blogs por ai sabe e de vez em quando flagro algumas coisas assim, depois que eu voltar de viagem vou me dedicar a vasculhar essas coisas...
A tal ávore só aparece no título, mas ao ler na íntegra o texto publicado achei outra curiosidade e resolvi publicar aqui, eu sou blogueiro e sei que erros de português e/ou de digitação acontecem, mas da pra corrigir né, observe que o post foi publicado ontem um pouco antes das 11hs da manhã e "árvore" não tem galho sexo, porque só tachar e não corrigir?
Abraço a todos e até a próxima.

















Não reconhece o Layout do site, tem curiosidade de saber onde foi publicado, então clique aqui